Início

  • Cinema

    Aprender com o cinema

    10.00 3.00

    Autoria: Vasco Cunha

    Além de ser importante utilizar o cinema na educação, para ajudar os nossos alunos a compreenderem melhor as obras cinematográficas e audiovisuais, os filmes também podem ser utilizados para a discussão de um conjunto de problemáticas sociais da atualidade. A capacidade do cinema de despertar emoções fortes torna esta arte uma ferramenta importante no processo de aprendizagem.

  • Si que Brade – Machetes, Cantigas e outras Iguarias

    Si que Brade – Machetes, Cantigas e outras Iguarias

    10.00

    ALINHAMENTO DAS MÚSICAS:

    1.    Barquinha feiticeira (tradicional)
    2.    Boca dos namorados (Mário André Rosado)
    3.    Cantiga do soldado (tradicional)
    4.    Lira (tradicional – Açores)
    5.    Marcelina e Luisinha (Mário André Rosado)
    6.    Testemunha de meus ais (Silva Teles)

    7.    Ceifa (tradicional)

  • Escrita Criativa Juvenil

    Escrita Criativa Juvenil

    3.00

    Coordenação: Helena Aldinhas e Natália Ferreira

    Através de letras, palavras e frases, a criança pode escrever tudo o que a sua imaginação ditar. Os seus textos criam mundos fantásticos onde elas participam ativamente.

    As histórias devem fazer parte da vida das crianças e jovens. Por meio da produção  publicação de textos, crianças e jovens autores conquistam maior autonomia, reconfigurando a sua relação com a litura  a escrita. A literatura infantojuvenil contribui para o crescimento emocional  cognitivo e para a identificação pessoal e ajuda na perceção e resolução de problemas.

  • A pequena Feiticeira e a Elegia da Terra (banda desenhada)

    A pequena Feiticeira e a Elegia da Terra (banda desenhada)

    7.50

    • Demetra, com a sua magia e capacidade imaginativa, utiliza o seu livro “Elegia da Terra” para procurar, junto de outros pequenos feiticeiros espalhados pelo mundo, a força que os elementos naturais e humanos têm para ultrapassar os obstáculos e restituir a esperança no mundo.
    • História original de Filipa Silva
    • Desenhos de João Pedro Pereira e Antony Brazão

     

  • Si que brade… qu’a gente toca

    Si que brade… qu’a gente toca

    5.00 1.00

    ALINHAMENTO DAS MÚSICAS:

    1.    Si que brade (Tradicional Madeira)
    2.    Mourisca da Calheta (Tradicional Madeira)
    3.    Cantiga da Repisa (Tradicional Madeira)
    4.    Valsa do Velho Cambado (Ricardo Rodrigues)
    5.    Os Bravos (Tradicional Açores)
    6.    Sou viloa (Tradicional Madeirense)

    7.    Maria, tu tens a mania! (Maximiano de Sousa – Max)

    8.        Polca (Tradicional Madeirense)
    9.        Mourisca de Machico (Tradicional Madeirense)
    10.      Minha terra é a Madeira (Padre Alfredo Vieira de Freitas)
    11.      Meninas, vamos ao vira (Tradicional Portuguesa)
    12.      Waltz nº 18 (Cândido Drumond Vasconcelos)
    13.      Quadrilha nº 27 – 3º Andamento (Cândido Drumond Vasconcelos)

    14.    A Velha da Cacalhada (Tradicional Madeirense)

  • Sarau Musical no Funchal (CD-ROM+ÁUDIO)

    Sarau Musical no Funchal (CD-ROM+ÁUDIO)

    7.00 1.00

    Este CD permite-lhe:
    – Ouvir 18 peças musicais madeirenses do século XIX, a maioria delas aqui gravadas pela primeira vez;
    – Visualizar e imprimir as partituras das peças gravadas nesta publicação;
    – Saber alguns factos sobre a  histórica da música sacra madeirense no século XX.