Início

  • Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira – Eng. Luiz Peter Clode

    Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira – Eng. Luiz Peter Clode

  • Início
  • Início
  • Revista Portuguesa de Educação Artística, Vol. 10, N.º 1

    Revista Portuguesa de Educação Artística, Vol. 10, N.º 1

    11.10 9.99

    Abrimos o atual número com o artigo “Estratégias para o Ensino e Aprendizagem de Dança”, das professoras Maria João Alves e Margarida Moura, da Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa. Neste texto, as autoras procuram contribuir com reflexões sobre os diversos conceitos subjacentes à intervenção pedagógico-didática em dança. Realça-se o modo como apresentam de forma sintética algumas boas práticas de intervenção do professor, principalmente ao nível da instrução-feedback, de organização/gestão de aula, do clima relacional e da disciplina na aula.

    Destaca-se aqui também o artigo sobre uma obra invulgar do repertório guitarrístico: Kotha – Três Danças de Shiva (1967), para guitarra percutida, de Giacinto Scelsi (1905-1988). Os autores, Nuno Aroso e Ricardo Barceló, professores da Universidade do Minho, realizam um estudo profundo sobre esta obra que une guitarra e percussão, e cujo próprio título alude a influências de correntes orientalistas.

  • Música para piano 1 (Coleção Antologia da Música da Madeira – 4.º Volume)

    Música para piano 1 (Coleção Antologia da Música da Madeira – 4.º Volume)

    10.00

    A Antologia da Música na Madeira abrange um período temporal que vai desde o século XVIII ao XX. Neste momento, estão programados 15 volumes, com um total de cerca de 1600 páginas de música. Este projeto é a primeira tentativa de criar uma antologia sistemática e alargada de obras de autores madeirenses, num projeto que constitui um marco nos estudos musicológicos da Madeira.

  • António Pereira da Costa: Concertos Grossos V e VI (Coleção Antologia da Música da Madeira – 3.º Volume)

    António Pereira da Costa: Concertos Grossos V e VI (Coleção Antologia da Música da Madeira – 3.º Volume)

    10.00

    A Antologia da Música na Madeira abrange um período temporal que vai desde o século XVIII ao XX. Neste momento, estão programados 15 volumes, com um total de cerca de 1600 páginas de música. Este projeto é a primeira tentativa de criar uma antologia sistemática e alargada de obras de autores madeirenses, num projeto que constitui um marco nos estudos musicológicos da Madeira.

  • António Pereira da Costa: Concertos Grossos III e IV (Coleção Antologia da Música da Madeira – 2.º Volume)

    António Pereira da Costa: Concertos Grossos III e IV (Coleção Antologia da Música da Madeira – 2.º Volume)

    10.00

    A Antologia da Música na Madeira abrange um período temporal que vai desde o século XVIII ao XX. Neste momento, estão programados 15 volumes, com um total de cerca de 1600 páginas de música. Este projeto é a primeira tentativa de criar uma antologia sistemática e alargada de obras de autores madeirenses, num projeto que constitui um marco nos estudos musicológicos da Madeira.

  • António Pereira da Costa: Concertos Grossos I e II (Coleção Antologia da Música da Madeira – 1.º Volume)

    António Pereira da Costa: Concertos Grossos I e II (Coleção Antologia da Música da Madeira – 1.º Volume)

    10.00

    A Antologia da Música na Madeira abrange um período temporal que vai desde o século XVIII ao XX. Neste momento, estão programados 15 volumes, com um total de cerca de 1600 páginas de música. Este projeto é a primeira tentativa de criar uma antologia sistemática e alargada de obras de autores madeirenses, num projeto que constitui um marco nos estudos musicológicos da Madeira.

  • Coleção Novos Talentos: “Home” de Rebeca Oliveira (CD)

    Coleção Novos Talentos: “Home” de Rebeca Oliveira (CD)

    5.00

    ‘Home’, com interpretações de guitarra clássica e braguinha de Rebeca Oliveira, será o primeiro álbum disponível para venda. Destacam-se nesta edição as composições de Carlos Seixas, uma das maiores referências da música portuguesa do séc. XVIII, Dionísio Aguado, Astor Piazzolla, o madeirense Pedro Abreu, Paulo Esteireiro e o guitarrista, compositor e pedagogo espanhol Juan Erena. Deste último, as peças selecionadas para o álbum são inclusivamente dedicadas à guitarrista madeirense Rebeca Oliveira. Segundo o mesmo, encontra nela “uma das melhores exponentes femininas da atualidade e a guitarrista ideal para representar estas obras.” As principais fontes de inspiração das obras apresentadas foram a própria intérprete e o carácter amável e tranquilo do povo madeirense.